sexta-feira, 21 de agosto de 2015

FEMURN contabiliza que acumulado em perdas de receitas das prefeituras no 1º semestre chega a 30%

O presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte-FEMURN, Francisco José Júnior durante o último encontro com 80 gestores chamou atenção para a queda na arrecadação das prefeituras. “Nesse período (segundo semestre) o normal era ter um aumento do Fundo de Participação dos Municípios. Agora o que temos é uma queda, não repõe nem a inflação”, comentou.

O presidente da FEMURN estima que a queda na arrecadação dos municípios chegue a 30% no comparativo com o mesmo período do ano passado, contabilizando as quedas das receitas no ICMS, FPM e ainda no repasse dos royalties. “Há uma tendência que até dezembro mais de 60% das prefeituras poderão estar com os salários atrasados, o quadro é muito grave”, destacou.
 Presidente da Femurn, Francisco José Júnior externa preocupação dos gestores com a crise nas prefeituras